terça-feira, 22 de abril de 2008

Chega de Palhaçada!

Visitando hoje o nosso companheiro José Ricardo Bastos, um dos melhores zagueiros, que estes olhos viram jogando pelo Goytacaz, fazendo da divulgação do evento do próximo sábado, dia 26, às 10 horas, no Largo da Imprensa, tive uma grata satisfação. O mesmo é visitante costumeiro de blogs e já estava sabendo. Para aumentar a nossa satisfação, o mesmo garantiu a sua presença e de alguns convidados seus. É a garantia da presença de um sujeito cidadão,na verdadeira expressão da palavra, que de há muito também vem protestan do contra essa desclassificada política praticada em Campos. Nos encontraremos lá! Seja bem vindo, Zé!

6 comentários:

Anônimo disse...

Se ele ainda "bate" da mesma maneira que batia quando jogava bola, saiam de baixo.

Anônimo disse...

Se ele ainda "bate" da mesma maneira que batia quando jogava bola, saiam de baixo.

Nique Vasconcelos disse...

Estou dentro, claro!!
Esse é o verdadeiro "cansei"!

Que bom que gostou do meu blog, também gostei muito do seu, espero que volte mais vezes!!

Gustavo Rangel disse...

esatremos lá!!! abraços

J. Lopes disse...

Felix Manhães

Postei hoje a mensagem abaixo, no blog do Professor Roberto Moraes.
Acredito que a mudança de tudo o que está ai, depende somente de nós.
Vamos iniciar um movimento cívico para viabilizar uma terceira via.
Não basta só protestar, temos de nos organizar e agir, a hora é está.
As condições nunca foram tão favoráveis para a mudança.
Depende somente da nossa maturidade e organização.
Vamos divulgar e viabilizar está idéia.
Um abraço

J.Lopes



Professor Roberto Moraes

Foi com grande satisfação que li o seu postado “A Hora de uma Terceira Via!”, de 24/04, por também compartilhar da mesma opinião.
Está na hora do povo de Campos dos Goytacazes se organizar para ter uma opção eleitoral, fora desse grupo que domina a política local há 20 anos e que tanto mal fez e faz ao município.
Devemos buscar um entendimento suprapartidário, para que seja elaborada uma proposta de consenso, que agregue os partidos e sensibilize a sociedade campista, que está desiludida e indignada com tudo que está acontecendo.
Não estou sendo ingênuo ao propor a organização de um movimento que tire Campos da apatia em que se encontra. Acredito que o entendimento é possível e que é um passo importante para organizar e mobilizar a sociedade campista, tão decepcionada com a política e em particular com os políticos da terra.
Certamente este movimento terá plenas condições de se tornar uma alternativa viável para o nosso município, além de demonstrar que a melhor forma de protesto é derrotar esse grupo nas urnas, e não o voto nulo.
Não proponho alijar ou diminuir o papel dos partidos políticos nesse processo. Eles são de extrema importância, mas é fundamental que os dirigentes e militantes partidários, participem de coração aberto e desarmados, deixando de lado as rivalidades, as vaidades e os projetos pessoais, pelo bem do município.
Sou de opinião que a discussão dessa proposta deveria ser organizada e puxada por pessoas íntegras, éticas e reconhecidas pela sociedade campista, como o Prof.º Roberto Moraes, e o Prof.º Sérgio Diniz. Sugiro, também, que sejam utilizados espaços públicos, como os auditórios do CEFET e/ou de qualquer outra escola ou universidade, para que seja possível o acesso livre e sem nenhum tipo de constrangimento, daqueles que desejem contribuir e se engajar no movimento.
Quanto à escolha dos nomes que comporão a chapa que concorrerá à prefeitura, acho que no momento oportuno, esses nomes sairão do consenso entre todos participantes (partidos e sociedade civil).
Mais uma vez, parabéns pela proposta e pela iniciativa, estamos aguardando os próximos passos, para viabilizar a construção dessa terceira via.

Conte comigo.


J. Lopes

felixmanhaes disse...

Companheiro J. Lopes, comungo do mesmo pensamento, de há muito. O nosso problema é que nós que temos esse razoável desapego à parte materialda política, ficamos, às vezes a reclamar e a conjecturar, só que em separado. O ideal é nos juntarmos, todos, sem personalismo, vaidade, desviar o olhar do próprio umbigo. Acho ótima a idéia. E é um grande investimento. Lá na frente, certamento o resultado será mais recursos disponíveis para coisas sérias. Mas participação da população na indicação do que e em que gastar e, certamente, haverá menos miséria, mais trabalho, mais saúde. Para quem me conhece, sabe que pode contar comigo para caminhar nessa direção;
Um abraço

Seguidores

Loading...