terça-feira, 23 de junho de 2009

DEPUTADA CIDA DIOGO (PT) EM CAMPOS DIA 25 e 26

A Deputada CIDA DIOGO do PT do Estado do Rio, vai estar nos próximos dias 25 e 26 de Junho (quinta e sexta-feira) fazendo uma visita ao Município de Campos dos Goytacazes, quando manterá contatos com lideranças locais do Partido dos Trabalhadores e participar de um encontro na UFF. Também estará visitando o Municípios de São João da Barra, onde irá reunir-se com a Prefeita Carla Machado. Aproveitando a sua presença no norte-fluminense, também irá fazer uma visita aos Municípios de Casemiro de Abreu e Conceição de Macabu. A implantação da Delegacia da Mulher no Município de Campos é um dos assuntos que compõem a agenda da Deputada.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

DIRETORIO DO PT SE REUNE NO DIA 15


No próximo dia 15 de junho, segunda-feira, o Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadors estará se reunindo às 19.00 horas, em sua sede à Av. Alberto Torres, 68, centro. O convite é feito a todos os membros efetivos e suplentes do DM. Com a aproximação das eleições internas do PT, a pauta da reunião promete.

domingo, 7 de junho de 2009

CIDA DIOGO VAI TRAZER DELEGACIA DA MULHER PARA CAMPOS


Atendendo a uma demanda das mulheres do norte-fluminense, específicamente de Campos, que se arrasta por muitos anos e manifestada no último debate que a Deputada Federal CIDA DIOGO (PT) fez na Universidade Federal Fluminense (UFF), no dia 20 de março de 2009 sobre a Discriminalização do Aborto, a deputada petista tem mantido entendimentos com o governo estadual, no sentido de viabilizar a implantação de uma Delegacia da Mulher. Em encontro ocorrido nesta semana, o Secretário Beltrame, da Segurança Pública do Estado do Rio, adiantou que a Delegacia será implantada no menor espaço de tempo possível, por entender a necessidade de uma Delegacia especial para a mulher aqui para a região. Além do abaixo assinado entregue por ocasião da palestra na UFF (foto do Fabiano Sepé), várias entidades de Campos estão enviando inúmeros pedidos para a Deputada Cida Diogo. Ainda este mês a Deputada vai retornar a cidade de Campós, para diversas atividades, dentre elas manter entendimentos relacionados com essa implantação.

sábado, 6 de junho de 2009

NOVO GERENTE DO MINISTERIO DO TRABALHO


O Ministérip do Trabalho já tem um novo representante em Campos. Em portaria do MTE, foi anunciado o nome de ELTON ALVARENGA como novo gerente da sua antiga subdelegacia. Quem usa os serviços do órgão federal em Campos brevemente vai notar as diferenças nesse atendimento. Está de parabéns o Elton e também os trabalhadores da nossa cidade, pelas excelentes invovações que serão feitas, a exemplo do recente Simpósio realizado no Teatro Trianon.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

TEMPO PARA SE TOMAR VERGONHA NA CARA

Nossa querida Campos dos Goytacazes mais uma vez entra no cenário nacional com os novos feitos dos seus habitantes ilustres. Uma verdadeira caravana legal, recolheu pessoas, papéis, carros, dinheiro. Não deve ser nada fácil, bastante constrangedor pai, filha, parentes, enfim.... sendo levados algemados na presença de vizinhos e conhecidos. Mas mesmo assim, esses episódios não servem de emenda para que as pessoas tenham mais respeito com o dinheiro público. Mais uma vez fica provado que nessa busca nada surpreendente, só não conseguem encontrar o que de mais valoroso essas pessoas deveriam ter. VERGONHA NA CARA.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

ALTA TECNOLOGIA E A FRAGILIDADE HUMANA


O desastre com o avião francês ao mesmo tempo que mostra toda a tecnologia de ponta que leva bem alto o cano que voa, mostra também a fragilidade do homem. Aos familiares dos acidentados, as nossas condolências.

A VERDADEIRA MUDANÇA, AS QUEIMADAS E O CRÉDITO CARBONO


Os matutinos de hoje estampam em suas manchetes o desrespeito pelas usinas aos trabalhadores ligados ao corte de cana de açúcar. Quando se fala em agressão, outro ente não menos importante também é agredido - a natureza. Essa matéria nos faz pensar em outros temas também ligados à indústria de álcool e açúcar. A Lei Federal n. 9.605, de de fevereiro de 1998, que em seu artigo 54, parágrafo 1º, indica pena de seis 6 meses a 4 anos e proibe as queimadas em todo o território nacional. Aqui em Campos, a queima de canaviais é um processo que apesar da proibição legal, continua praticamente em todo o município. Não sabemos se existe um lei municipal regulamentando o assunto, levando-se em consideração que não existem mecanismos de vigilância e/ou cobrança para inibir essa ação que inferniza a vida de muita gente, pelo transtorno da queda da fuligem (neve preta), com implicações sérias na saúde das pessoas, particularmente relacionada às doenças respiratórias.Se não existe essa lei municipal, está aí uma excelente alternativa para os nobres edis se mostrarem mais produtivos e menos previsíveis. A Prefeita Rosinha tem nas mãos uma cidade e um orçamento que dão a ela, se quiser, oportunidade para entrar na história política de Campos dos Goytacazes, principalmente no que se refere ao meio ambiente - auxiliar no cumprimento dessa Lei Federal, mesmo que seja secundariamente sustentada por uma lei municipal. Para isso, os recursos do FUNDECAM servem perfeitamente para incentivar o fim das queimadas. Além do mais hoje, com os Projetos MDL (Mecanismos de Desenvolvimento Limpo), existe toda uma série de contrapartidas referenciadas ao Crédito Carbono. Uma das justificativas para a queima da cana é o aspecto financeiro. A mão-de-obra com a cana queimada sai mais barato para a usina. No entanto, muito mais cara para o cortador e danosa para a população. Quem não se lembra, principalmente os oriundos do interior do tempo em que nos canaviais eram cortados na palha e nessa condição, verificava-se a presença de várias espécies de aves, do tipo codorna-perdiz, ciriemas, inhambus, pocassus, além de outras, de porte menor, que no interior das linhas de cana, faziam os seus ninhos. Era bonito se ver ao amanhecer, nos aceiros, uma infinidade de coelhos, lavando suas caras, perfilados entre a cerca e os campos. O que se viu nos últimos governos foi uma total insensibilidade para o assunto meio ambiente, prova disso é que as queimadas continuam, os rios estão mais poluidos e alguns mortos e as lagoas, a exemplo da Lagoa do Vigário, com os seus espelhos d'agua extremamente reduzidos com os aterros oficialmente permitidos e transformados em depósitos de esgoto a céu aberto. Qualquer iniciativa nesse sentido, vale muito mais que centenas de inserções de vinhetas publicitárias nos jornais, rádio e tv. A população que elegeu Rosinha optou por mudança e isso precisa acontecer. Quando a população olhar pela janela e não tiver a surpresa desagradável de sentir-se nos Alpes Suiços, só que a neve que lhe invade a casa não pode ter uma cor diferente.

Seguidores

Loading...