sexta-feira, 31 de outubro de 2008

ACONTECEU


Neste dia, em 1984, foi assassinada a Primeiro-Ministro indiana Indira Gandhi.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

AUMENTO DAS APOSENTADORIAS





Como já mostramos neste Blog, um assunto de interesse dos aposentados que ganham acima do salário mínimo e também dos servidores públicos, que tem o teto dos seus benefícios regulados também pelas normas do INSS. está acontecendo nesta semana em Brasilia. O Congresso Nacional volta a analisar o Projeto de Lei n. 58/2003, do Senador Paulo Paim (PT-RS), que trata do do aumento das aposentadorias e pensões do INSS.

Desde 1991, Fernando Henrique desviculou esse aumento do salário mínimo. Sem esse disvinculação , o teto desses benefícios chegaria hoje aos 4.150, contra os atuais 3.038. Além disso, os atuais valores recebidos acima do mínimo, sofreria aumento de acordo com a data da concessão do benefício.

Esse projeto está sendo votado na Comissão de Assuntos Sociais do Senado e já tem parecer favorável do seu relator Expedido Junior (PR-RO). Como não há recurso na Comissão, ele segue direto para votação na Câmara dos Deputados. Também você, servidor público, seus interesses também estão nas mãos desses Deputados. É que o atual teto dos seus benefícios são os mesmos do INSS.

Para se ter uma noção, um trabalhador que aposentou em 2000 com 8.7 salários mínimos, hoje está ganhando 4. 2 s m. Para quem tem a mínima capacidade de raciocínio, chegará à conclusão de que em um breve espaço de tempo ele estará ganhando 1 salário mínimo. Se o salário mínimo atual correspondesse ao que é defendido pelo DIEESE, tudo bem só que está nivelado por baixo. Portanto, bloguistas ligados a alguns deputados federais da nossa região, vamos pressioná-los para que zelem pelos nossos interesses. Afinal, para issos eles foram eleitos.
Para se ter uma noção, veja no quadro acima a evolução dos preços dos alimentos nos últimos dez anos.

Vamos usar a internet e passar e-mails para eles e, caso votem contra os trabalhadores, vamos denunciá-los, mesmo que sejam do nosso partido.

PROMESSAS DE CAMPANHA







Tomamos a liberdade de copiar do Blog do nosso mestre Roberto Moraes as propostas de Campanha da Prefeita eleita Rosinha. Preferi chamá-las de propostas, porque estou acreditando que a sociedade civil organizada vai fazer essa cobrança e apostando que a Rede Blog, normalmente capitaneada pelo Roberto, Ricardo André, Cláudio Andrade, Fábio Siqueira, Xacal, Fabiano Seixas, Urgente, Aspectos, Fatos e Fotos, e muitos outros, vão estar atentos ao seu cumprimento.




quarta-feira, 29 de outubro de 2008

INTERLOCUÇÃO COM A SOCIEDADE


A partir de janeiro de 2009, nova Prefeita, nova vida para a cidade. A Rosinha vai governar para todos os eleitores, os que ficaram no primeiro turno, com as suas opções e os que foram para o 2º turno, polarizando as eleições, tanto os que ganharam, como os que perderam.

O que se percebeu neste governo que está chegando ao fim é que a interlocução com a sociedade praticamente não aconteceu. Os movimenos sociais, alguns sindicatos, algumas associações de moradores e até partidos políticos, mesmo sem ser da base de apoio, quase na sua maioria, estavam atrelados ao governo municipal, numa relação adoentada, onde seus representantes ou seus parentes, muita das vezes, faziam parte das folhas de terceirizados.

O que se deseja da próxima Prefeita é que essa interlocução seja retomada. Todavia, que se restabeleça a sanidade dessa relação, em um entendimento institucional, onde representem a demanda dos seus representados sem a promiscuidade dessa dependência torpe.

ACONTECEU


Neste dia, em 1929, verificou-se uma queda brutal das cotações das acções na Bolsa de Nova Iorque, precipitando a Grande Depressão.

Lisboa de Salazar, Campos de Mocaiber e agora Rosinha


Em uma da reunião da Executiva do Partido dos Trabalhadores, com o Prefeito de Campos, Alexandre Mocaiber, realizado na Fundação Zumbi dos Palmares, me veio à lembrança a minha última viagem que fiz a Portugal e a Grécia, para participar de Congressos de Trabalhadores Telefônicos, pela IPCTT (Internacional de Trabalhadores em Correios e Telefonia).
Chegando à Lisboa, em uma sexta-feira, com a devida antecedência para participar, já à partir da próxima segunda-feira do Congresso, ficamos hopedado no Hotel Holliday In, no centro novo da capital portuguesa, bem em frente ao Campo do Sporting Lisboa, onde tivemos o prazer de encontrar o jogador Branco, tetra-campeão pelo Brasil, à época jogando em Portugal.
Além das conversas animadas e até acirradas com companheiros argentinos sobre futebol, no saguão do hotel, para sabeer quem foi melhor, Maradona ou Pelé, um fato interessante nos ocorreu naquela noite de de folga, na terra do Cabral, o outro.
Por sugestão do nosso anfitrião José Rodrigues, também trabalhador telefônico, fomos aconselhados a nos deslocarmos até o centro histórico de Lisboa, para conhecermos um pouco da história portuguesa. Confesso que além dos castelos, Portugal, mais precisamente Lisboa muito parece com o centro velho do Rio de Janeiro. Mas no percurso, um fato interessante ficou registrado na nossa memória.
Ainda por sugestão do José Rodrigues, fomos todos de metrô. No caminho, o primeiro embaraço. Quando nos aproximamos de uma autopista, esse é o nome que eles dão às suas ruas, paramos ao lado dela. Também os carros que vinham em nossa direção, também pararam. Olhamos e não vimos nenhum sinal. Ficamos indecisos, mas puxados pelo patricio, atravessamos calmamente a autopista. Quando chegamos ao Centro Histórico de Lisboa, ao saborear um bom e velho vinho, indagamos a respeito. Ele nos informou que em Portugal era assim mesmo, quando os pedestres tocavam com os pés a autopista, os carros paravam para que a gente passasse.
Todavia, ainda a caminho para o centro de Lisboa, um fato mais importante nos impressionou. Não que o metrô de Portugal fosse diferente, não. Lá também fica em baixo terra. No entanto, quando descemos até a Estação próxima ao Estádio do Sporting, nos supreendemos. Não haviam aquelas roletas, como temos no Rio de Janeiro e São Paulo. Era uma escadaria, com mais ou menos um 50 metros. Fomos quase atropelados por uma portuguesada que, em desabalada corrida, desceu os seus degraus e entraram no trem que acabara de chegar. A princípio ficamos assustamos, mas o José Rodrigues nos apontou um peque guiche, onde deveríamos comprar os nossos bilhetes. E pensei comigo. Se fosse no Brasil, os caras levariam até o trem.
Logo estávamos em uma velha hospedagem, onde para variar, pedimos bacalhou e vinho. Durante o jantar, o José Rodrigues nos contou. Aquilo que vimos no metrô era comum em Portugal, que naquela época acabara de ser preparado, com grandes investimentos, para entrar no Mercado Comum Europeu. Aqueles portugueses que vimos invadirem o metrô, tinham credenciais para o mês todo e era assim mesmo. No entanto, aleatóriamente, de vez em quando, um daqueles comboios eram desviados para uma linha auxiliar e uma inspeção federal acontecia. Quem não estivesse com a credencial ou com o bilhete, era cadastrado negativamente e não poderia usar mais o metrô em território português. E, se fosse apanhado pela segunda vez, era prisão sem direito à fiança.
Todavia, aquele procedimento cidadão dos seus patricios não era de agora, havia sido começado com o Presidente Augusto Salazar, nos idos 1940 a 1950. O nosso companheiro telefônico nos contou que o Salazar, quando ocupou a Presidência de Portugal, que tinha uma administração muito parecida com a que temos aqui no Brasil, resolveu verificar, por si mesmo, a quanto andava a administração do bem público português. O que ele fez. Travestiu-se de uma pessoa simples do povo, um pouco escorraçada, quase um mendigo e foi verificar o atendimento do funcionalismo público.
Ao chegar as 8 horas da manhã à Caixa de Pecúlio, que corresponde ao nosso INSS, ele aguardou na fila da Agência, até às 10 horas, horário em que a Chefe da Agência chegou para trabalhar. Como era o primeiro da fila, foi logo indagando da funcionária:
- Por que a senhora chegou às 10, se o horário de abertura da agência era às 8 horas?
A funcionária respondeu ao ancião de forma ríspida:
- Não é da sua conta. Se o senhor quer ser atendido, me diga o que queres?
Sem se alterar, o " velhinho" prosseguiu:
- Não, eu quero saber da senhora por que chegastes às 10, se o seu horário é às 8horas.
Mais irritada ainda, a moça retribuiu.
Olha, senhor, eu não estou aqui para brincadeira, se o senhor não quer nada, dê o lugar para outra pessoa. E logo se dirigiu ao segunda fila:
- Me dá licença, e o senhor o que deseja.
Mas o velhinho, impediu o atendimento e disse para a moça:
- Olha aqui, minha senhora, me deixa comunicar uma coisa, a partir de amanhã, a senhora e todos os funcionários deste posto estarão demitidos.
A senhora rindo, solicitou ao segundo da fila:
- E o senhor o que quer, eu não tenho tempo a perder.
O fato se confirmou, no dia seguinte, todos os funcionários daquela Agência foram demitidos. Aí, contou-nos o companheiro José Rodrigues, criou-se um pavor em toda a Portugal, com medo de que o "velhinho" pudesse aparecer em uma das filas de atendimento do serviço público.
Esta história nós contamos para o Sr. Prefeito, naquele encontro na Zumbi dos Palmares. Dissemos para ele que ele não precisava imitar o Salazar, mas que melhorasse a sua interlocução com a sociedade, totalmente abafada pelos seus assessores, que impediam que ele ouvisse as vozes roucas da rua que diziam que ele era um péssimo Prefeito. Certamente que ele deve ter imaginado que nós éramos algum companheiro idiota e que vivíamos no mundo da lua.
5 dias depois deste encontro, aconteceu o fatídico 11 de março, onde a Polícia Federal e o Ministério Público Federal efetivaram a operação Telhado de Vidro.

A partir de Janeiro, uma nova Prefeita está eleita. Daqui ficamos a torcer pelo seu sucesso na sua gestão que certamente será o sucesso da nossa população. A reedição dessa matéria que fiz há algum tempo, é no sentido que a nova Prefeita estabeleça uma interlocução com a sociedade, numa verdadeira agenda propositiva de caminhada junto com os outros Partidos Políticos que não estavam na sua aliança, com sindicatos, associações de moradores, OAB, Igrejas, enfim toda a Sociedade Civil Organizada, mas sem aquele toma lá da cá de "convênios", apadrinhamentos, cargos na administração pública e outras ações que adoentaram essa relação.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

BOA IDÉIA


Fazendo um giro de espiada nos espaços virtuais, encontrei um comentário do Sépe no seu blog, que achei interessante e resolvi tomar a liberdade de publicá-lo:


"...que no Partido ainda existam bons quadros,homens e mulheres com os ideais do Partido dos Trabalhadores que fizeram um Presidente da República, um partido que sempre esteve ao lado dos trabalhadores, que sempre esteve presente nos movimentos sociais e sindicais.

Penso que seja um momento para a realização de um seminário para avaliação da conjuntura, dos avanços(?) e retrocessos que o partido sofreu/rá em decorrência das últimas eleições.Muitos dos companheiros do Partido condenaram com veemência esta aliança que em nada contribuiu para o Partido, o contrário, o afastou ainda mais dos seus verdadeiros ideais.

Estava no Quartel do Chopp no domingo à noite,junto com alguns amigos comemorando a vitória da Rosinha e tinha um grupo de petistas com a bandeira do Partido pendurada acima de uma das mesas, fiquei até agora querendo saber o motivo da comemoração deles.Olhar para frente e ter a certeza de que ainda existe esperança!"


A NOVA CÃMARA DE CAMPOS


Começaram os entendimentos para definir não só a nova Presidência da Câmara, como também a bancada que vai dar governabilidade a Prefeita eleita. Nesta nova composição da Câmara, será identificado se avançamos, ou não na questão da autenticidade daqueles que irão nos representar, ou se a "ideologia" de alguns muda ao sabor dos "acordos" para formarem a bancada de apoio.

Aliás, para a nova Prefeita, que terá no "laboratório político" de Campos, a chance de alçar vôos mais altos dos já conquistados , seria interessante que a mesma contasse tão somente com a maioria simples e com aqueles que mais se afinassem com as suas propostas. Na atual edição, dos 17 vereadores inicialmente só três eram oposição, terminando com apenas dois, enquanto os outros davam a "governabilidade" ao atual Prefeito e o resultado não foi bom, tendo como referência os últimos fatos.

De preferência que ela deixasse que uma oposição numéricamente importante se formatasse, até para que esse laboratório tivesse os mecanismos de vigilância e produção de resultados autênticos que realmente alavancasse substancialmente esses seus novos projetos para além dos próximos 4 anos. Não precisa temer, o melhor aliado com que ela pode contar é o povo. É só aparecerem os médicos nos ambulatórios, os remédios não se perderem nos caminhos entre a Secretaria e o Postos de Saúde e o Portal da Transparência venha demonstrar claramente que os recursos, e aí se incluem os do FUNDECAM, estão a produzir oportunidades para todos os campista, esse povo certamente estará ao seu lado.

A nova Prefeita está com tudo nas mãos. Carisma, experiência, força eleitoral que as urnas lhe conferiram e um orçamento que é o 6º maior do País. Só depende dela e é claro que esse resultado muito nos interessa, tamanha a precariedade de políticos que temos no cenário local, estadual e nacional, onde a saúde continua enferma, a educação está abaixo dos índices ideais e quase sempre repete de ano e a violência e o tráfico nos espreitam, à nossa porta, hoje passando a ser ocupação laborial para muitos jovens que precisam entrar no mercado de trabalho, por falta de outras alternativas proporcionadas pelos Governantes.

Além disso, com a eleição da Rosinha, alguns Vereadores que seriam adesistas ao continuimo, serão obrigados a se transformarem em aguerridos opositores, sob pena de serem esquecidos pelo eleitorado.

Cabe também à sociedade cobrar desses novos vereadores o cumprimento das suas obrigações e a rede blog, com a sua capacidade de mobilidade e de conteúdo na missão de formação de opinião, de forma organizada também se engajar nesta tarefa, deixando de lado picuinhas do passado já que afinal de contas quer queiramos ou não ela é a Prefeita de todos nós.

domingo, 26 de outubro de 2008

MENSAGEM A PREFEITA ROSINHA


Terminadas as eleições, Rosinha é a nova Prefeita da cidade de Campos dos Goytacazes, com 135.955 votos. Parabéns, Prefeita. Desejo que a senhora tenha muita sabedoria, eficiência e sorte para dirigir os destinos desta cidade desafortunada. Que as bênçãos dos céus se façam presentes na sua mente e no seu coração e que as suas ações sejam profícuas e em benefício dessa população que já se cansou de tanto sofrer.

Nesta campanha, que resolvi não sair de casa, embora fosse candidato a Vereador, assisti tão somente a um comício,realizado nas confluências das Ruas Dr. Beda e Antônio Manoel, vizinha à minha casal e lá eu ouvi da senhora que seria a Prefeita de uma cidade que tem o 6º maior orçamento do País. É verdade, no entanto o retorno para os campistas não tem essa correspondência. O que a população de Campos espera da nova Prefeita é uma total inovação na gestão deste orçamento, a exemplo do Portal da Transparência.

Antes da eleição, manifestei em meu blog o meu voto em seu favor, porque acredito na eficiência do instituto da alternância do poder e também porque as suas propostas eram muito mais convincentes e exequíveis.

Apesar de não querer nada em trocadesse modesto apoio, quero pedir a nova Prefeita que sejam honradas as propostas de campanha, porque ela tem nas mãos a possibilidade de transformar a cidade de Campos em um modelo de gestão pública para o resto do país, o que vai alavancar qualquer projeto político da família Garotinho .

POR MAIS 4 ANOS


Em torno de 280 mil eleitores comparecem hoje às urnas para escolherem os destinos de Campos, por mais 4 anos. O simples gesto de apertar uma dezena vai dizer pará nós se vamos ter uma saúde que acalme as dores daqueles que sofrem nas filas dos consultórios, nos corredores hospitalares e na ansiedade do remédio que não chega. Por mais 4 anos, vamos saber se a Educação mais uma vez vai repetir de ano e a nos mostrar alunos na 2ª ou 3ª séries ainda sem saber ler, nos colocando no patamar dos piores índices do país. O emprego que muitos tanto procuram se vai continuar aparecer na mesma proporção dos investimentos públicos que são alocados em Empresas que morrem ainda na sua infancia. Não é um simples fato de apertar uma tecla, estaremos escolhendo para nós, com as opções que se apresentam, aquela que terá a obrigação de varrer de vez com a corrupção, esse mal que nos envergonha e é a mãe da miséria, da dor e da violência. Portanto, caro eleitor compareça hoje à sua seção eleitoral e aperte no melhor futuro para Campos e, a partir de 1 de janeiro, já comece a cobrar da sua Prefeita(o) e dos vereadores uma nova Campos dos Goytacazes.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

DEU NO BLOG DO GAROTINHO



Por 6 votos a zero, o Tribunal Regional Eleitoral acompanhou o voto do relator-presidente, Desembargador Motta Moraes, considerando insanáveis, as contas rejeitadas do ex-prefeito Arnaldo Vianna no TCU e no TCE.

Num voto de 18 páginas, o desembargador-presidente disse que “o governo Arnaldo Vianna foi pródigo em irregularidades”. Em relação ao TCU, o Tribunal Regional Eleitoral ainda fez questão de frisar, que o ex-prefeito tem que pagar à Caixa Econômica Federal, os valores atualizados monetariamente a partir de 1998, em 6 parcelas por conta do desvio do dinheiro público.

R$ 109.679,642 - parcela ...............................

R$ 107.570,363 - parcela ...............................

R$ 93.250,004 – parcela ...............................

R$ 105.000,005 – parcela ...............................

R$ 67.250,006 – parcela ...............................

R$ 67.250,00

* Os valores acima serão corrigidos

Além da questão do TCU, o TRE apontou diversos atos de improbidade administrativa, que atentam contra os princípios da administração pública.

Com essa decisão, a eleição em Campos está praticamente decidida, de acordo com as palavras que foram proferidas pelos ministros do TSE, no dia do julgamento do recurso em Brasília “O CANDIDATO NÃO TEM REGISTRO, MAS AUTORIZAMOS O 2.TURNO ATÉ QUE O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DIGA NO ACÓRDÃO, QUE AS CONTAS REPROVADAS DO EX-PREFEITO ARNALDO VIANNA SÃO INSANÁVEIS”.

Isso foi dito na sessão de hoje, da forma mais clara e incontestável possível. Portanto, embora vá haver eleição no domingo, o candidato Arnaldo Vianna já sabe, que seus votos não serão validados pelo TSE.


NOTA DO BLOG


Aí, fica evidenciado a que ponto chegou a ansiedade de um grupo dentro do PT, estar participando de uma eleição que, certamente se tivessem "permitido" e não conspirado contra a candidatura própria, esses percalços não estariam na vida do Partido.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

ASSUMINDO UMA POSIÇÃO



Quem acompanhou através da imprensa e do meu blog, nos últimos 15 meses, é testemunha da minha opinião, apesar das frustrações, sobre partidos políticos e sobre política.
Disputei uma eleição interna dentro do PT, contra companheiros com mais tempo de estrada e com maior visibilidade, no entanto com métodos não muito republicanos para celebrar essa disputa. Mas, apesar das adversidades e com o apoio de companheiros, consegui produzir 11 cadeiras no Diretório Municipal, sendo 2 delas na Executiva, da qual sou Secretário.
Participamos das articulações para a implementação de uma candidatura própria do partido para as eleições de 2008. Mas, fomos vencidos pelos companheiros que conspiraram contra esse projeto, porque haviam escolhido para si e a sua ansiedade, um atalho para chegar à Prefeitura, sem sequer se importar com que parceiro faziam essa aliança e sem convencer a não ser a si próprios da nobreza dessa motivação. Mas esses fatos fazem parte da história do Partido e ficam por conta dos militantes, filiados e da própria sociedade o julgamento deles.
No próximo dia 26, a população de Campos dos Goytacazes estará decidindo o futuro da nossa cidade para os próximos 4 anos. Inevitavelmente, 4 situtações se apresentam diante de nós.
Para os que estão decepcionados com o atual modelo de gestores públicos que administram a nossa cidade, talvez seja melhor pagar a multa e nem comparecer à sua seção para votar.
Uma outra alternativa que está sendo muito discutida nos últimos dias na cidade e na rede blog, é o voto nulo, que ao meu ver, não vai alterar o resultado das outras duas que restaram porque vai vencer o 12 ou o 15.
Apesar de terem a mesma origem no Movimento Muda Campos, em algum momento da política essas pessoas se dividiram, por motivos sabidos e múltiplos e hoje se encontram em cenários diferentes e divergentes. Mas o momento exige de nós uma opção e, seja qual for teremos o aplauso ou a crítica.
Como nós temos uma cidade, cujo orçamento na relação recebimentos e compromissos é o maior do Brasil, quem assumir a partir de 1º de janeiro vai ter a chance de fazer de Campos dos Goytacazes, o que não foi feito pelos atuais gestores, apesar dos recentes e polpudos recursos dos royalties, um modelo dessa gestão para o restante do país, o que dispensaria a utilização de qualquer marketing ou marqueteiro para fazer alarde desse feito.
Ficar em casa e pagar a multa, está em desacordo com o que penso da política. Anular o meu voto, ainda não fui convencido dessa alternativa. Aí, sobraram as outras duas alternativas. Votar no 12 ou no 15.
Acredito piamente no instituto da alternância do poder, onde quem sai terá que repensar o seu modo de gerir a coisa pública e quem entra em seu lugar terá que proceder melhor que o seu antecessor , sob pena de ser vítima dessa própria alternância.
Nesse momento, fiel a coerência que mantive ao longo desse período, e olhando as propostas dos dois candidatos, declaro o meu voto a Rosinha porque acredito na exequibilidade dessas propostas e na eficácia dessa alternância de poder.
Como legítimo representante da oposição dentro do Partido dos Trabalhadores, tomo essa atitude à revelia da "democracia de convencimento" desse grupo que "aprovou" a aliança e dos métodos administrativos internos e arranjados que conseguiram inovar. Fatos esses que sequer ensejaria passar pelas suas cabeças uma atitude incoerente e retaliadora em relação a minha postura e autofágica, levando-se em consideração os procedimentos desse grupo.

sábado, 18 de outubro de 2008

ACONTECEU


Neste dia, em 1933, chegou aos Estados Unidos Albert Einstein, como refugiado dos nazis alemães.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

ACONTECEU


Neste dia, em 1967, foi morto, na Bolívia, o revolucionário internacional Che Guevara.Neste dia, em 1967, foi morto, na Bolívia, o revolucionário internacional Che Guevara.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

ENQUANTO ISSO NA CÃMARA DOS DEPUTADOS


Um fato também tão importante quanto as eleições municipais , está acontecendo hoje em Brasilia. O Congresso Nacional volta a analisar hoje o Projeto de Lei n. 58/2003, do Senador Paulo Paim (PT-RS), que trata do assunto relacionado ao aumento das aposentadorias e pensões do INSS.

Desde 1991, esse aumento foi desvinculado do salário mínimo. Com essa alteração, o teto desses benefícios chegaria hoje aos 4.150. Hoje o teto é de 3.038. Além disso, os atuais valores recebidos acima do mínimo, sofreria aumento de acordo com a dada da concessão do benefício. Esse projeto será votado hoje na Comissão de Assuntos Sociais do Senado e já tem parecer favorável do seu relator Expedido Junior (PR-RO). Em não havendo recurso na Comissão, segue direto para votação na Câmara dos Deputados. Também você, servidor público, seus interesses também estão nas mãos desses Deputados. É que o atual teto dos seus benefícios são os mesmos do INSS.

Enquanto isso, o que estão a fazer os deputados que Campos elegeu. Fica a indagação aos blogueiros e eleitores ligados a esses Deputados Chico D'Angelo (teve mais de 5 mil votos aqui) e Arnaldo Viana e e aos demais da região.

A última aparição na mídia do primeiro foi na questão do aumento do preço mínimo da cana, enquanto o segundo há muito tempo está envolvido com a eleição em Campos. Aliás, é oportuno os eleitores de Campos, antes de votar, procurar saber se aqueles processos eleitorais desses deputados não seria apenas um trampolim para eles se lançarem antes do término dos seus mandatos em "aventuras" na conquista de Prefeituras ricas, como a de Campos.

O momento é para pressionar os Deputados que conhecemos ou em quem votamos, para produzirem os votos necessários para aprovação desse Projeto. A internet é a ferramenta que nós temos nas mãos. Vamos mandar e-mails exigindo deles essa posição. A questão não é só votar neles, é principalmente cobrar deles depois.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

ACONTECEU


Neste dia, em 1981, foi assassinado no Cairo (Egipto), Anwar Sadat, Presidente do Egipto e homem verdadeiramente interessado na existência de paz no Médio Oriente.

AGRADECIMENTO


150 votos são o resultado da minha votação nas eleições deste ano, como candidato a Vereador pelo Partido dos Trabalhadores - PT. Alguém ao ver a quantidade de votos nos jornais deve ter pensado - essa candidato é ruim de voto, mesmo. Ou talvez, para que um cara com essa votação se candidata. Não imagina essa pessoa a alegria que hoje eu sinto, com a qualidade das demonstrações de apoio que eu recebi nessa votação. Encontrei-me com o genro do Sr. Titelman Barreto Lisboa, de 90 anos, antigo farmacêutico de Campos, do tempo do remédio manipulado e dos curativos e suturas que ele muito bem fazia nas pessoas que o procuravam e que muitos dele ainda se lembram .

No domingo, disse-me o seu genro: o Sr. Lisboa, foi caminhando até a sua seção eleitoral, para votar, pois fazia questão de colocar na urna o nome de um candidato a Vereador de quem ele conhece o procedimento e o pensar político.

Também recebi da jovem Tadjana Artiles o seguinte comunicado. Tenho dezesseis anos e votei pela primeira vez e o voto foi para você. Além deles, muito me gratificou o apoio que recebi dos meus pares de Diretoria do PT, o Sr. Robson Siqueira, membro da Executiva e do Luiz Geraldo Leitão Gomes, que me ajudou a confeccionar o poste e, além disso, foi o seu condutor na única aparição que o mesmo fez na Praça São Salvador.

Cada voto que recebi, para mim tem um valor muito grande, tanto dos que votam pela primeira vez ou por aqueles que liberados pela idade e pela lei, fizeram questão de execer a sua cidadania prestigiando o meu nome. Isso tudo muito envaidece porque foram votos que foram dados sem pedir nada em troca, a não ser a contrapardida de um candidato que vê na política uma atividade que deve ser séria, honrada e que tem como principal função, estar a serviço da população, com dignidade.

Mas eu também dei uma olhada no resultado estrondoso de outros candidatos. Verdadeiros campeões de voto. Uns eleitos, outros na suplência. Mas fiquei preocupado. Esse resultado nas urnas pode ter sido ao custo de apoios inomináveis e, certamente, não vão aparecer nas prestações de conta. E, além disso, produziram uma cumplicidade e dependência que vão resultar num desempenho comprometido quando do exercício do seu mandato.

O resultado certamente iremos ver na hora de uma CPI, uma aprovação de contas e outros procedimentos inerentes ao cargo, deixando em segundo plano aquilo para o que foram eleitos, os interesses da população e a fiscalização do Executivo.

Obrigado eleitores, esses votos para mim significam 1.500, 15.000... tantos quantos a minha gratidão pode enumerar. Obrigado.

Quero dizer para os meus leitores, que é com muita satisfação que retorno às minhas postagens, dizendo que continuo com o mesmo pensar e proceder. Sigla partidária é um organismo que deve se prestar tão somente para produzir bons políticos e boas políticas e não alianças com parceiros que não são os ideais e que não tem uma motivação nobre.

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

COMUNICADO


Informamos aos leitores do CONVERSANDO que retornaremos a fazer as postagens normais a partir do dia 05.10, após as 17 horas, em respeito à Legislação Eleitoral, já que somos candidatos a VEREADOR. Até lá estaremos fazendo a sua manutenção em fogo baixo, com o nosso ACONTECEU. Depois do Primeiro Turno, aí vai ser à vera. Até breve.

ACONTECEU


Nesta data, em 1990, a Alemanha voltou a estar reunida, pela junção da Alemanha do Leste e da República Federal. Estava dividida desde 1945.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Novo Blog

Acabo de receber um e-mail . Novo blog na blogosfera.

ranzinzapolitica.blogspot.com

Seguidores

Loading...