segunda-feira, 12 de julho de 2010

VAMOS TENTAR MAIS UMA VEZ?!




Na semana passada, alguns partidos (PT, PSDB, PV, PcdoB, PMDB e PPS) estiveram reunidos em um lugar qualquer da cidade, diante da expectativa de que hajam novas eleições no Município de Campos dos Goytacazes. Louvável a iniciativa, não só por essa conjectura, como também para um amplo debate, envolvendo toda a sociedade, diante dos últimos e lamentáveis episódios jurídicos, ora cassando, ora fazendo voltar cassados através de liminares ou marcando novas eleições colocando a nossa Campos dos Goytacazes exposta na mídia nacional como a cidade que em 6 anos, teve 7 prefeitos.


Apesar de já ter se decepcionado com movimentação similar produzida em um passado recente, onde os atores daquela movimentação não sincerizaram as suas ações ou apenas queriam se caficar, seja com a intenção subjetiva de ser o próprio candidato ou para robustecer uma possível aliança e/ou locação de legenda com algum candidato com maior capacidade eleitoral e de recursos.


Estamos na torcida para que desta feita, essa ação seja séria e que tenham realmente a intenção de encontrar um nome, que pode até ser o seu, mas que também tenha a humildade e inteligência para abrir mão em nome de alguém que tenha melhores condições de produzir adesões em nome de um projeto nobre para o nosso Município.


Há a necessidade de que se encontre, após um debate sério, alguém que tenha a coragem de sacrificar-se em nome do coletivo colocando em último plano o seu projeto pessoal.
Alguém que olhe nos olhos do eleitor e lhe diga que não tem nada pra dar a não ser um mandato honesto, transparente e sério a seu serviço e que o autorize a dar um bico na porta do seu gabinete se, passados 6 meses de governo, ele não cumprir o que for prometido.
Alguém que diga para o eleitor que se lhe oferecer qualquer vantagem em troca do seu voto, quando assumir o comando do município, vai ter que meter a mão, para pagar a quem lhe financiou, já que dinheiro não dá em árvore, nem tem na cidade uma similar da casa da moeda.


Se for assim, tô dentro. Além disso, sou um agente facilitador, já que não sou candidato.

Seguidores

Loading...