sexta-feira, 23 de julho de 2010

REDE BLOG TERÁ PROGRAMA DE RÁDIO E TELEVISÃO


A mídia alternativa consolidada como está se tornando a Rede Blog nos impele a refletir com um pouco mais de atenção e boa vontade. É uma realidade de fácil constatação, muita gente hoje não sai de casa sem antes dar uma espiada nos principais espaços na rede, os blogs. A diversidade de fontes, muitas delas com o gabarito e sustentação de pessoas que independente de ser profissional ou não, tem o faro e a fonte como se verdadeiros jornalistas fossem. A Rede Blog hoje não só pauta a mídia convencional, como também já é uma ferramenta alternativa da própria mída.

Isso nos leva a refletir por que não também nós, membros da rede também não demandarmos juntos aos órgãos oficiais autorizativos para termos uma concessão, seja de rádio ou tv (canal fechado), ou quem sabe ousemos um canal aberto. Afinal é o estrato político que autoriza e, quando a finalidade é nobre, muito mais se justificaria. Alguém indagaria. E o custo disso? Não sei dinheiro há. Hoje se transfere dinheiro às vezes para nada ou para o bolso, por que não se financiasse um projeto desse a custo baixo, com a garantia da adimplência efetiva.

Isso não quer dizer que os espaços já criados, como "A mercearia campista" do quatro em si Ricardo André, Vitor Menezes, Álvaro e Gustavo Oviedo, e outros comandados pelo Claudio Andrade, Sergio Diniz... não tenham o seu sentido e eficiência... No entanto, teríamos um espaço universalizado, mão de obra qualificada e voluntária, onde uma banca de editores, com ouvidos para ouvir toda a comunidade blogueira e vacinada contra o canto das "$ereia$, pautaria os temas diários, lógicamente com a imparcialidade e sem os apadrinhamentos muito comuns em alguns espaços outros, que gessam toda e qualquer possibilidade da formação de uma opinião pública sadia, com a tradução honesta nos fatos e das pessoas, produzindo dois retratos diferentes do mesmo episódio legendado de acordo com o verbo das verbas.

Aqui está a sugestão. Quem sabe não seja uma alternativa o movimento que hoje está sendo gestado na AIC, para que se chegue com maior rapidez e credibilidade junto à sociedade e, nesse contato, com as vísceras dos propósitos à mostra, não se pince um nome para empunhar uma nova bandeira séria para Campos.

Alguém pode achar que a idéia não é boa, não é viável ou até me mande fazer uso dela, mas está feita a sugestão.

Nenhum comentário:

Seguidores

Loading...