sexta-feira, 28 de maio de 2010

DÁ-LHE DOUGLAS!

Na verdade, pouco importa se os resultados das decisões do TRE ou TSE possam colocar um termo no mandato da prefeita eleita em 2008, assim como cassar um de nossos representantes no Congresso.A questão principal antecede. É entendermos como chegamos a esse ponto.Caso se confirmem, serão seis, eu disse 06 eleições em quatro(04)anos.Que tipo de sociedade é essa que convive com tal ambiente caótico, sem que acorde para emergir da lama que a soterra? Ora, todos sabemos que somos vítimas e cúmplices desse processo, mas eu pergunto: Não haverá, nos moldes de alguns momentos mais importantes da História de outros lugares, uma vanguarda que nos guie para fora desse atoleiro? Não, não há, e a mesma História nos mostra que os movimentos de vanguarda tendem ao fracasso, e traem seus propósitos fundamentais.A resposta é política, e está em nossas mãos, embora sempre pareça que ela escorra entre nossos dedos.Mas preferimos jantar nossos próprios restos mortais, cercados pelos abutres de mídia, com a gargalhada das hienas do poder como música incidental. Um banquete de podridão antropofágica.Não importa se a prefeita vai ou não ser mantida no cargo, como já disse.Seu mandato acabou. Esse modelo acabou, e não há repaginação de marketing que dê jeito.Não adianta cirurgia plástica para cessar a metástase do carcinoma.Como está, a administração e suas "obras" parecem uma dona de casa atônita, que acende todas as luzes, liga o fogão sem que haja panelas para cozer algo, aumenta o som da TV e do CD player, liga a irrigação do jardim, enquanto faz obras em todos os cômodos, e tenta limpar a poeira com um pano seco, com o ferro elétrico ligado por três horas para passar uma camiseta, enquanto a lavadora de roupas é acionada para lavar um par de meias, e por fim, abre todas as torneiras.É chegada a hora de romper todo nosso imobilismo, superar diferenças, e juntar em uma frente ampla gente do calibre de:Sérgio Diniz, Andral Tavares, Roberto Moraes, Luciano D'Ângelo, Odisséia Carvalho, Odete Rocha, Rogério Matoso, Antonio Carlos Rangel, Adão Faria, Adilson Sarmet, Hugo Diniz, Fabiano Rangel, Zé Maria Rangel, Gustavo Lopes, Gustavo Carvalho, Fábio Siqueira, Renato Barreto, Brand Arenari, Roberto Torres, George Gomes Coutinho, Fabrício Maciel, Garciete Santana, Erick Schunk, Marcos Pedlowisk, José Hamilton, Rossana Florêncio, Aurélio, Cléber Tinoco, Zé Luiz Vianna, Artur Gomes, Jane Nunes, Sérgio Cardoso Moreira, Rose David, Professora Luciana, Vitor Menezes, Gervásio Neto, Gustavo Rangel, Cláudio Kezen, Celso Vaz, Cláudio Andrade, Maxsuel Barros Monteiro, Herval Junior, Davi do MST, Aristides Soffiati, Gustavo Soffiati, Félix Manhães, Joca Muylaert, e tantos outros, muitos outros.Aceitamos até aqueles que renunciem às práticas que contribuíram para nosso sofrimento. Que a Imperatrix faça o "gesto simbólico" e devolva os 1.8 milhão da "fantasia". Que outros vereadores, deputados estaduais decidam parar de tentar agradar deus e o diabo, e venham se juntar aos esforços dos homens e mulheres de boa vontade. Não há futuro para nós, se mantivermos as coisas como estão.É hora de parar, refletir e agir.É essa História que esses homens públicos querem legar aos seus descendentes e sua biografia?Esse é o momento de ruptura que exige medidas de exceção.Livremo-nos de nossas diferenças e sigamos pelo que nos une.Há tempos de cinismo, e há tempos para ingenuidade

DO BLOG PLANICIE LAMACENTA

Nenhum comentário:

Seguidores

Loading...