quinta-feira, 15 de maio de 2008

Respondendo a Postagens

Quanto à postagem do último anônimo, tenho a dizer que o companheiro Anomal, pela sua expresão dentro da sigla, ele visibiliza as conversas que estão acontecendo com os outros partidos, incluindo o PSDB. O ideal é que nessas conversas, haja a sensibilidade e a capacidade da autocrítica de enxergar quem são os companheiros, dentro dessas siglas, que realmente representam o grande clamor da população. Alguém que tenha o destemor e a honradez de administrar o bem público realmente como coisa que seja da população e não sua.Quanto a essa rejeição que é citada ao nome do Dr. Mackoul, fica a grande dúvida. Nas eleições de 2004 e 2006, mesmo sozinho e sem recursos, sem compra de voto, com o partido dividido e parte dele em outro palanque e, além disso, com os Ministros do Partido posando em fotografias com o inimigo, ele teve 34 mil votos e depois, da mesma forma, em 2006 ele ficou como terceira força de votos em Campos, suplantando o próprio Paulo Feijo. Com isso, não que esteja defendendo o Dr. Mackoul, até por que não tenho procuração para tal, mas é um tópico para análise da sua potencialidade eleitoral. Quanto às indagações de imperfeições à frente de algumas Instituições, o caminho seria denunciar Justiça. Mas parece que quem tentou esse caminho não tinha sustentação nem obteve êxito. Quanto à possível resistência que o mesmo tivesse produzido quando o Partido entrou no Governo Mocaiber, só uma pesquisa qualiquantativa poderia dimensionar essa afirmativa. Quanto ao mais, companheiros vai aqui mais uma vez um convite. Venham para o PT, venham produzir política dentro de um sigla que é democrática, não tem dono e a vez e a voz de qualquer um só depende de si próprio. Eu entendi isso, mudo o partido, mas não mudo de partido. Dentro de partidos com esse perfil, você pode impulsionar bons Políticos e aniquilar, ainda no nascedouro, políticos que tem a vesguice de não enxergar nada além do próprio umbigo e bolso.

Nenhum comentário:

Seguidores

Loading...