quinta-feira, 29 de setembro de 2011

REINVENTANDO A POLITICA

Mais uma vez a mídia não convencional coloca a nossa Campos com as suas vísceras expostas. São fatos, fotos e falas. E aí não dá para esconder as coisas. A velocidade e a competência das redes sociais estão ganhando uma eficiência e velocidade descomunal. Em segundos, do Chui aos Esquimós, do Oiapoque as Malvinas, todos ficam sabendo o que somos, fazemos ou deixamos de fazer.

São excelentes juristas, jornalistas, sociólogos, cientistas políticos que estão deixando em segundo plano a mídia secular que nem sempre tem a competência ou independência para mostrar os fatos. É   um verdadeiro reality show que já se prolonga pelos  últimos cinco anos.

Os eventos políticos com desdobramentos jurídicos e policiais estão  a exigir  de todos nós uma reação, já que nossa cidade está sendo mostrada  ao Brasil e ao mundo por um  lado que não gostaríamos de ser conhecidos. E não dá para silenciarmos nossa consciência e equecer que ao nosso lado ainda tem pessoas que não tem o trocado para o pão de manhã, e que suas dores abafam a vontade de reclamar de que não tem médico nem remédio.

Há uma necessidade urgente de reinventarmos a política, cuja relação candidato/eleitor fosse mais tranquila,  pacífica e duradoura, sem os sobressaltos que nos faz perder o sono.

Afinal as instituições apesar de ao longo dos tempos, como o próprio processo político,  estarem  também adoecidas, elas ainda fazem parte de processo de vigilância e convivência democrática.

Era assim, por que mudou? De de um lado o candidato pede o voto,  e em troca oferece apenas o desempenho com probidade e moral no cargo para o qual se elege. Do outro, o eleitor se dá por satisfeito e a permanência no poder se faz apenas por essa relação sadia.

Talvez essa mesma rede social por essa velocidade e competência poderia estartar esse processo de cura. Está bem perto, ao alcance das mãos. Quem sabe aprender a identificar ceder a vez para alguém que de preferência possa colocar o sino no gato.

Um comentário:

Anônimo disse...

TRE-RJ nega pedido de liminar a Rosinha
Mais detalhes em instantes.

Postado por Roberto Moraes às 18:54

PROCESSO: MS Nº 66159 – Mandado de Segurança UF: RJ
TRE
Nº ÚNICO: 66159.2011.619.0000
MUNICÍPIO: CAMPOS DOS GOYTACAZES – RJ N.° Origem:
PROTOCOLO: 1370152011 – 28/09/2011 16:53
IMPETRANTE: ROSANGELA ROSINHA GAROTINHO BARROS ASSED MATHEUS DE OLIVEIRA, Prefeita do Município de Campos dos Goytacazes
ADVOGADO: Jonas Lopes de Carvalho Neto
ADVOGADA: Bianca Cruz de Carvalho
ADVOGADA: Ana Beatriz Azevedo Branco Kazniakowski
ADVOGADA: Paola Keller de Farias
ADVOGADA: Talissa Camara Tinoco Siqueira
ADVOGADO: José Olimpio dos Santos Siqueira
ADVOGADO: Matheus da Silva José
ADVOGADO: Bruno Azeredo Gomes
IMPETRANTE: ANTHONY WILLIAM GAROTINHO MATHEUS DE OLIVEIRA (ANTHONY GAROTINHO), Deputado Federal
ADVOGADO: Jonas Lopes de Carvalho Neto
ADVOGADA: Bianca Cruz de Carvalho
ADVOGADA: Aline Nogueira Caliman
ADVOGADA: Ana Beatriz Azevedo Branco Kazniakowski
ADVOGADA: Paola Keller de Farias
IMPETRANTE: LINDA MARA DA SILVA
ADVOGADO: Jonas Lopes de Carvalho Neto

http://robertomoraes.blogspot.com/2011/09/tre-rj-nega-pedido-de-liminar-rosinha.html

Seguidores

Loading...