sábado, 21 de junho de 2008

Espírito de Renúncia

Temos acompanhado as negociações que acontecem dentro das construções possíveis para a política de Campos. Um aspecto interessante é a sedução que o poder opera nas pessoas, as impedindo de por em prática uma virtude interessante que é a renúncia. Não é a atitude que se toma quando um político é apanhado cometendo algum delito, abre mão do cargo que o povo lhe conferiu através do voto, para fugir de uma cassação de seus direitos políticos por diversos anos, mas sim aquela que se toma quando a proposta do outro e esse próprio outro tem a melhor condição de ter êxito com essas propostas. É sempre a mesma ladainha. O PROJETO - tem que ser o melhor. O PARTIDO - tem que ser o ideal e o CANDIDATO tem que ser o melhor - desde que EU.
Aí, o que se vê é muita gente em autênticos trabalhos lobistas, tentando se cacifar ou produzir um novo verniz para uma reinserção em um cenário político, do qual já deu a sua contribuição e o próprio histórico se encarregou de lhe avisar que o seu tempo já passou. Como em política tudo é reflexivo, tudo que nela se prodruz um dia volta contra os que estão a sua volta e também contra si, o ideal é que as pessoas tenham os seus projetos políticos, mas neles tem que estar inserido o ingrediente coletivo, povo.

6 comentários:

Xacal disse...

esse é o preâmbulo de uma autobiografia...?

ou a biofgrafia não-autorizada do médico & monstro...?

Anônimo disse...

Que bom você ter voltado a fazer as suas postagens. Félix é uma excelente análise conjuntural. . Penso ser o espelho a melhor maneira de identificar os personagens que se encaixariam neste perfil, e pelo que eu conheço
do seu comportamento dentro do movimento sindical e da política você não seria um deles.

SORAIA DE SOUZA SALES

felixmanhaes disse...

Minha cara Soraia, estive um pouco afastado das postagens em razão de problemas com o provedor da internet. Mas estamos de volta. Obrigado pela demonstração de apreço.

Xacal disse...

um anti-cutista como exemplo de luta sindical...?

biografia de "pelego"....soraia desceu de que espaçonave...?

Anônimo disse...

Félix, parece que o seu sucesso nas eleições internas do PT causaram muita inveja e raiva. Parabéns, meu irmão. Você é hoje o legítimo líder da oposição e tem demonstrado muita responsabilidade nessa missão. Apesar de algum tempo afastado do Partido, fui testemunha desse prestígio. Na última reunião que eu participei do PT, por sinal, nunca vi tanta gente reunida, eu ouvi esse reconhecimento dos companheiros Roberto Moraes e Luciano D'Angelo, a quem muito respeito e sei que você também os respeita e considera. Eu acompanho o seu trabalho desde o tempo da TELERJ. Lembro de você no Departamento Pessoal e, mesmo sem garantia da estabilidade sindical, nos primeiros 3 anos do Sindicato,quando você ainda não era um dos seus diretores, você fazer piquete, um deles de madrugada, quando vocês se deitaram no chão, impedindo que os carros saíssem ou entrassem no prédio da Rede Externa. E essa luta de vocês não foi em vão, muita coisa mudou na Empresa, incluindo a atitude daqueles chefes que até agrediam e passaram a respeitar seus subordinados. Vai em frente, meu companheiro Félix, tô com você, irmão.

Xacal disse...

ué, sucesso na eleição...oposição legítima que come na mão da situação...ops, ops...tem alguma coisa errada aqui...

ahhh, sou eu, com essa mania de combater o senso comum pela vitória do bom senso...

uma vez pelego, sempre pelego...

Seguidores

Loading...